Semanário Regionalista Independente
Terça-feira Junho 28th 2022

Em Sintra vive-se um Natal literário

Se são várias as actividades ligadas às letras que se realizam durante todo ano, são também várias as actividades que se têm realizado nesta quadra e diversos são os autores sintrenses que têm dado mostras do seu talento.

Exemplo disso é o escritor Miguel Real, que foi galardoado com o Prémio Jacinto do Prado Coelho 2008, da Associação Portuguesa de Críticos Literários – que será entregue no dia 15 do corrente no Auditório Frederico Freitas da Sociedade Portuguesa de Autores – pela obra Eduardo Lourenço e a Cultura Portuguesa.

Para além de escritor reconhecido, e colaborador assíduo do Jornal de Sintra foi também o moderador de um encontro literário promovido pela associação cultural Alagamares, no dia 26 de Novembro, no qual participaram cinco outros escritores de Sintra e uma assistência que encheu a sala e se mostrou crítica e interventiva. O escritor fez, no evento, uma “viagem” pela literatura portuguesa das últimas décadas.

Escritores que participaram no encontro: Ana Costa Ribeiro (que editou recentemente o conto “José, o barqueiro sem água” numa colectânea luso-brasileira), Filipe de Fiúza (autor da obra poética Beliula – Versus Diarium, publicada em 2008), Luís Bento (autor do livro Lusitânia Online e colaborador da revista Nova Águia), Ana Martins (autora de Autista, quem…? Eu? e Contos de Verão) e António Augusto Sales (autor de uma biografia de António Botto, de entre outras cinco obras).

Natal literário marcado por lançamentos recentes
Já que a quadra natalícia é conhecida pelo consumismo desenfreado, o JS sugere a oferta de livros, preferencialmente de escritores sintrenses, no sentido de juntar ao agradável também o útil. Para além daqueles anteriormente citados, destacam-se livros mais recentes, como é o caso do livro Contos da Natureza, de Augusto Carlos – apresentado no dia 11 do corrente em S. Marcos –; O Destino do Capitão, de Sérgio Luís de Carvalho – apresentado no dia 5 do corrente na Feira do Livro do Rotary Club de Sintra*; o livro Amantes da Noite – história de uma boneca de trapos com tranças, de Fernando Lobo – que será apresentado no dia 20 do corrente, pelas 15.30h, na biblioteca dos Bombeiros Voluntários de Queluz; ou mesmo o Livro de Horas I – Uma data em cada mão, de Maria Gabriela Llansol, lançado em Outubro passado. Destaque também para a obra Segredos da Descoberta da Austrália pelos Portugueses, de Rainer Daehnhardt, publicado recentemente pela editora sintrense Zéfiro.

*Feira do Livro
Realizou-se de 5 a 8 do corrente uma feira do livro, promovida pelo Rotary Club de Sintra, no edifício da Vila Alda. Apesar de os preços dos livros terem sido convidativos e de os fundos da venda reverterem a favor do CECD de Mira Sintra – para a compra de material de apoio à intervenção terapêutica – dos cerca de dois mil livros ofertados, menos de 300 tinham sido vendidos aquando do fecho da edição.

Clube de Leitura
Os encontros mensais no Museu Ferreira de Castro para falar sobre livros e leituras prossegue no próximo ano, a começar a 8 de Janeiro, pelas 21h como habitualmente. Do último encontro, no dia 4 do corrente, resultou o calendário para 2010, que conta com obras que podem também servir de sugestão literária, mesmo a quem não participe do Clube: em Janeiro – Nó Cego, de Carlos Vale Ferraz (Casa das Letras); em Fevereiro – O Labirinto da Saudade, de Eduardo Lourenço (Gradiva); em Março – Manhattan Transfer, de John Dos Passos (Presença); em Abril – Aldeia Nova, de Manuel da Fonseca (Leya de Bolso); em Maio – Adolescente Agrilhoado, de Marmelo e Silva (Campo das Letras); em Junho – Na Patagónia, de Bruce Chatwin (Quetzal).

Texto e foto: Vanessa Sena Sousa

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.