Semanário Regionalista Independente
Quarta-feira Outubro 16th 2019

[Capa 04-06-2010] Conviver com os vizinhos ajuda à coesão social

Cinco localidades do concelho de Sintra, com o apoio do Poder Local, festejaram o Dia dos Vizinhos, um evento de âmbito europeu que tem por objectivo criar espaços de encontro e convívio entre as pessoas de um determinado bairro ou povoação. Este ano as festas realizaram-se no 23 de Maio no Bairro do Casal de S. José, em Mem Martins, 25 de Maio no Jardim da sede da Associação Juvenil Ponte em Casais de Mem Martins e 29 de Maio no Bairro da Coopalme /Cavaleira no Algueirão, Bairro da Fundação D. Pedro IV em Mira Sintra e no Parque Urbano de Casal de Cambra. Jornal de Sintra, parceiro de comunicação na iniciativa europeia, acompanhou os festejos em Casal de Cambra, uma vila que ao longo da sua existência tem tido como suporte o trabalho conjunto na construção de um bairro, inicialmente clandestino, que conseguiu alcançar o estatuto de Vila e onde ao longo dos anos se criou um espírito de boa vizinhança e de entreajuda.

A equipa que coordenou e realizou a festa dos vizinhos na vila

O Dia Mundial dos Vizinhos teve lugar na última semana de Maio e visou combater a apatia, por vezes existente, e permitir o convívio entre vizinhanças que por vezes se desconhecem, sobretudo no meio urbano. Este Dia Mundial é, pois, uma grande oportunidade para as localidades, as associações e o poder local mobilizarem os habitantes, criando um espaço de encontro e de socialização. Cada cidadão promove a sua própria festa, participando activamente nela.

Segundo a comissão promotora desta iniciativa mundial, convidar os vizinhos para beber um copo ou partilhar uma refeição não resolve os problemas sociais, mas por vezes um simples gesto pode ser um princípio. Conhecer e conviver com os vizinhos ajuda à coesão social, a uma melhor vida em conjunto e cria novos laços de solidariedade entre as pessoas.

Ora foi isso que aconteceu no passado sábado, na vila de Casal de Cambra. Os vizinhos encontraram-se, levaram consigo comida, bebidas, e realizaram um piquenique colectivo onde não faltou um porco assado no espeto, bolo de aniversário e sobretudo alegria e espírito de camaradagem.

As crianças brincavam saltando à corda, andando de bicicleta, saltando sempre com satisfação, para alegria dos adultos.

A animação esteve a cargo dos Grupos de Idosos da Solami, de Dança «Ângela» com duas classes, “Kid Dance” da paróquia, do Clube de Jovens da Solami, Dança das Verdeanas, Jovens do Bairro de Santa Maria, Informal de Percussão e Gaita de Foles de Casal de Cambra, Classe de Ginástica Steps da Solami e equipa de monitores do “Viva Fit”.

Esta iniciativa contou com a colaboração dos parceiros da Comissão Social de Freguesia, composta por Agrupamento de Escolas Prof. Agostinho da Silva, Centro de Saúde, Congregação das Missionárias do Divino Espírito Santo, Solami, Outros Rituais-Associação Cultural, Observatório Social de Casal de Cambra, Centro Social e Paroquial de Casal de Cambra, APF (Associação de Planeamento Familiar e Serviço de Acção Social de Amadora e Centro Pedagógico de Intervenção de Casal de Cambra.

Os organizadores desta festa contaram ainda com o apoio da CMS-Div. de Habitação, Intermarché de Famões que ofereceu um porco), Texembal, Padaria Upal, Pastelaria Forno Saloio, Pastelaria A Broa, Bazar da Gracinda, Bazar da Fatinha, Bazar do Chinês Ruy, Xafarica da Fruta, Talho do Dinis e Carnes Alcaria. Presentes a vereadora da Acção Social Paula Simões, Ana Figueiredo da Divisão de Habitação, Elsa Canhoto da Divisão de Educação, Anabela Paraíso da Divisão de Acção Social.

Na vila de Casal de Cambra, esta festa europeia dos vizinhos, foi vivida de forma intensa e reforçou os laços entre os vizinhos do concelho de Sintra, europeus e mundiais, fortalecendo uma larga rede de parceiros.

Presidente da J. F. Casal de Cambra, Fernanda SantosCasal de Cambra com a sua festa contribuiu de forma positiva para que tal objectivo seja alcançado. Em declarações ao Jornal de Sintra a presidente da Junta de Freguesia, Fernanda Santos, considerou que tinham sido alcançados todos os objectivos definidos pelo executivo, pelo que se sentia feliz por Casal de Cambra estar integrada e ter conseguido concretizar todos os objectivos e desafios propostos pela Comissão Organizadora Mundial.

Texto: Idalina Grácio
Fotos: Idalina Grácio

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.