Semanário Regionalista Independente
Sábado Junho 22nd 2024

6ª Edição da prova Ironman Cascais reúne quatro atletas para angariar fundos para Síndrome de Angelman Até ao dia 21 junte-se à ANGEL Portugal e contribua para esta causa

Com o objetivo de aumentar a consciencialização sobre o que é a Síndrome de Angelman e angariar fundos para a investigação de uma possível cura para esta doença rara, uma equipa de quatro atletas juntaram-se com um propósito e aceitaram o desafio – correr por uma causa maior!

Triatleta sintrense

A 6ª Edição do Ironman Cascais 2023, um dos maiores eventos de triatlo em Portugal, realiza-se já no próximo dia 21. Mais do que uma competição, esta iniciativa é uma prova solidária para estes 4 quatro atletas – uma equipa constituída por três atletas na vertente estafetas e um atleta a fazer a prova completa.

Carmen Marques, Marc Dorda, Amy Moran-Moberg e Miguel Tomé reuniram-se para abraçar esta causa que vai além de passar a meta final – pois o objetivo é angariar fundos para a investigação que procura um tratamento para a Síndrome de Angelman.

A ANGEL Portugal tem vindo a assumir um papel ativo no financiamento de estudos de investigação em Síndrome de Angelman, contribuindo ativamente para o financiamento da bolsa de investigação bianual, promovida pela Angelman Syndrome Alliance (ASA).

 

A ANGEL Portugal convida todas as pessoas a apoiar esta iniciativa e a darem o exemplo 

A investigação tem vindo a aumentar e a ganhar interesse por parte da comunidade técnico-científica ao longo destes últimos anos. Os campos da investigação podem ser divididos em duas áreas principais: Investigação direcionada para a genética e ciência da Síndrome de Angelman, identificando as suas principais alterações e como é que as mesmas podem ser tratadas e/ou revertidas de forma a minimizar a sintomatologia;

Investigação dedicada a estudar e a encontrar soluções práticas e de mais curto-prazo para as principais características da Síndrome de Angelman, como a ausência de fala, dificuldades em dormir, dificuldades de locomoção, etc;

A ANGEL Portugal convida todas as pessoas a apoiar esta iniciativa e a darem o exemplo, promovendo um estilo de vida saudável e contribuindo para a investigação de uma doença rara ainda muito desconhecida do público em geral.

 

Serra de Sintra e Lagoa Azul (Linhó) no traçado da prova 

A Ironman Cascais é uma prova de triatlo constituída por três modalidades: natação, num percurso com saída da Praia da Ribeira e término em frente à Fortaleza no Clube Naval, numa única volta de 3,8km ao longo da protegida Baía de Cascais. Um percurso de ciclismo de 180km (2 voltas) com uma breve passagem pela Praia do Guincho, os atletas passarão pela Malveira e Serra de Sintra pela Lagoa Azul, em direção ao Circuito do Estoril. E por fim, 42.2km do percurso de corrida têm início em Cascais, seguindo pela estrada do Guincho ao longo da costa até ao Cabo Raso e o regresso até ao coração de Cascais.

A edição do ano passado já tinha contado com a participação de cinco amigos da ANGEL Portugal, que terminaram a prova com tempos extraordinários, enquanto sensibilizaram a comunidade para a Síndrome de Angelman e angariaram mais de 27 mil euros para a bolsa de investigação. Caso pretenda contribuir para esta causa, poderá fazer um donativo de qualquer valor, que poderá ser dedutível em sede de IRS/IRC através de um recibo emitido pela ANGEL.

Junte-se a esta iniciativa, seja também um Ironman for ANGEL e apoie a investigação em Síndrome de Angelman.

Texto e foto: Unimagem

(Ventura Saraiva)Bancaria

 

 

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.