Semanário Regionalista Independente
Terça-feira Junho 28th 2022

67.º aniversário com muito convívio e música

Nas fotos: Os jovens músicos que subiram à banda; O carrilhão oferecido pela Câmara Municipal de Sintra; Um grupo de alunos da Escola de Música

A Sociedade Filarmónica União Assaforense comemorou no passado dia 1 o seu 67.º aniversário, efeméride celebrada com um almoço que reuniu três centenas e meia de convivas, apresentação dos alunos da escola de música e muitas prendas para a colectividade, tudo coroado com um bonito concerto proporcionado pela Banda Filarmónica da SFUA.

Com o amplo ginásio da Sociedade Filarmónica União Assaforense (SFUA) como palco do almoço-convívio de três centenas e meia de amigos da colectividade, no qual participaram o presidente da Câmara, Fernando Seara, vários vereadores, o presidente da Junta de Freguesia de S. João das Lampas, Guilherme Ponce Leão, dirigentes da associação aniversariante, para além de representantes de outras colectividades, Renato Azenha, músico da banda e um dos “alma-mater” da SFUA, saudou os presentes, relatando em seguida as muitas actividades desenvolvidas pela colectividade sobretudo no campo da música, referiu o número de executantes na banda e de alunos na escola, e agradeceu o apoio da Câmara e da Junta de Freguesia.

Seguidamente Fernando Seara usou da palavra, dizendo da sua “satisfação por participar nesta festa, na qual a música junta todos” para recordar a seguir os seus tempos de menino, quando sua mãe o incentivava a aprender piano, o seu interesse pela música, que pretende transmitir ao filho e ao neto, concluindo a “oferecer, em nome do Município de Sintra e da Câmara Municipal, à colectividade e a toda a equipa de músicos, este instrumento musical, um carrilhão. E faço questão de sugerir que continuem a realizar estes almoços, a celebrar os vossos aniversários, porque é assim que se contrói o futuro”, seguindo-se a apresentação do referido instrumento musical, coroada com uma enorme salva de palmas.

Apresentação dos alunos da escola de música

Com a sala de espectáculos a registar uma grande assistência, teve lugar em seguida a apresentação dos alunos da escola de música, dirigida por Sandra Duarte, que em número de várias dezenas executaram pequenos trechos musicais, além da apresentação de outros alunos da escola, de classes mais avançadas e que já actuam na banda.

Depois da outorga de medalhas aos associados com mais de 25 e 50 anos de filiação na SFUA, actuou a banda da colectividade, que dirigida pelo seu maestro, Abílio Ramos, há 27 anos a dirigi-la, executou seis peças do seu reportório, perante os constantes aplausos da assistência. Foram depois apresentados os três alunos da escola que este ano ascenderam à banda – Flávio Bento, Margarida Patrão e Marta Mota – e distinguidos alguns músicos pelos anos de participação na banda.

Foi depois feita entrega de seis instrumentos musicais – oferecidos pela Junta de Freguesia – aos músicos que os vão utilizar, enquanto eram chamados ao palco os elementos do novo executivo da Junta e os directores da colectividade, todos premiados com fortes aplausos.

Seguidamente o maestro Abílio Ramos agradeceu as elogiosas referências que lhe foram feitas, afirmando que o trabalho ali realizado “é obra de todos, porque não há maestro, como não há treinadores, sem executantes”.

A tarde encerrou com a banda a executar o seu próprio hino, com todo o público de pé, o qual lhe prodigalizou vibrantes aplausos.

Nas fotos: Fernando Seara no uso da palavra; Três centenas e meia de convivas

Mais de 70 alunos na escola de música

João Inocêncio Jacinto, presidente da direcção da SFUA desde o início do ano, adiantou ao JS que a comemoração do aniversário da colectividade “decorreu muito bem, contando com a presença do presidente da Câmara e outros vereadores, bem como do presidente da Junta de Freguesia e outros elementos do executivo e cerca de três centenas e meia de convivas no almoço”.

Referindo-se à colectividade, afirmou que a mesma “está muito bem, com a banda composta por mais de oito dezenas de elementos, a escola de música com mais de 70 alunos de toda a freguesia, pelo que a SFUA está pujante e cada vez melhor”.

Banda da União Assaforense

SFUA merece todo o apoio da Junta

Por seu lado Guilherme Ponce Leão, eleito no último acto eleitoral autárquico presidente da Junta de Freguesia de S. João das Lampas, a que Assafora pertence, disse-nos que “este é o meu primeiro acto público como presidente da Junta de Freguesia, pelo que encerra um significado especial”. E acrescentou: “Iniciei a minha campanha eleitoral nesta casa, o que foi um bom prenúncio para a vitória que vim a obter, e espero que o facto de ser aqui a minha primeira apresentação pública seja também um bom prenúncio para a governação que vou exercer durante quatro anos. Quero realçar o valor desta colectividade e o empenho das pessoas que a têm dirigido ao longo dos seus muitos anos de existência, mantendo e engrandecendo cada vez mais uma banda filarmónica que representa excelentemente a freguesia de S. João das Lampas e a Assafora, para além de possuir uma escola de música com tantas crianças a aprender, pelo que estou muito orgulhoso por estar a participar nesta festa”. “E quero afirmar que a Junta de Freguesia continuará a apoiar a União Assaforense, à semelhança do que sempre fez o meu antecessor, porque o trabalho que a colectividade realiza é espectacular e merece todo o apoio da Junta de Freguesia”, salientou, a concluir, o presidente da Junta de Freguesia de S. João das Lampas.

Texto e fotos: António Faias


Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.