Semanário Regionalista Independente
Terça-feira Fevereiro 25th 2020

[Capa 14-05-2010] Frederico Gil – De Colares para o mundo

O tenista sintrense Frederico Gil disputou no passado fim-de-semana a final do Estoril Open, um feito inédito para um português, o que o levou a lugar destacado no ténis mundial. Chegou a ocupar a 66.ª posição do “ranking” ATP (Associação de Tenistas Profissionais), o melhor registo de sempre para um tenista português. Desde 2003, ano em que se tornou profissional, já alcançou a meia-final do ATP World Tour de Joanesburgo, África do Sul, conquistou o título nos ATP Challengeres de Nápoles, Itália, Istambul, Turquia, Sassuolo, Itália (por duas vezes), Sevilha, Espanha. Frederico Gil iniciou em criança, a sua vida de tenista, nos campos de ténis da Praia das Maçãs e do Carrascal, com os treinadores Paulo Sanches e Paulo Jorge, ambos sintrenses. Actualmente é seu treinador João Cunha e Silva, do Clube de Ténis de Oeiras.

Frederico Gil no Estoril Open 2010

Frederico Gil começou a aperfeiçoar o seu ténis com o treinador Paulo Sanches sensivelmente com 8 anos de idade, desde cedo se sentiu a necessidade de aumentar o nível de exigência, passando depois para o Maçãs Ténis Clube, onde poderia treinar e competir com outros jogadores. Aos 11 anos e constatando que não era possível continuar a evolução como jogador sem a participação e acompanhamento a torneios, seguiu a sua aventura com o treinador Paulo Jorge, no Villas Ventura Ténis Clube, no qual se manteve até ao ano de 1999. Frederico Gil demonstrava já nessa altura um enorme espírito de sacrifício, pois saía da escola por volta das 17.30h regressava a casa, estudava e por volta das 21h iniciava o seu treino que acabaria por volta das 23.30, para uma criança não é nada comum todo este esforço, pois no dia seguinte as aulas começavam cedo. No seguimento lógico dos bons resultados obtidos foi convidado a fazer parte do então Centro Nacional de Treino, integrando a selecção nacional. E a partir daí nunca mais parou.

O treinador Paulo Jorge no campo do Carrascal, local de treino de Frederico Gil no início da carreira

IG/Paulo Jorge

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.